sexta-feira, 4 de março de 2022


Gírias, termos e expressões sempre foram usados para definir certas atitudes e ações da vida cotidiana, sejam elas boas, más, engraçadas, etc. Porém, nunca se usou tanto quanto atualmente palavras para determinar variadas situações da sociedade que já ocorrem há muito tempo, contudo seguiam sem nomeação. E obviamente, isso está causando diversas discussões e conflitos. 

No entanto, só pelo fato de já estarem presentes, e serem temas de problematização, valem na propagação e na criação de outras mais para abordar o que está acontecendo na rotina íntima das pessoas. Esperando, claro... que sejam esquecidas e erradicadas com o passar do anos se significarem algo inapropriado. Sendo assim, confira abaixo alguns dos mais populares termos e expressões de hoje em dia que simbolizam comportamentos da humanidade. 


1 - Manspreading - A palavra foi criada a partir da junção entre "man" ("homem") e "explain" ("espalhar" ou "abrir"), em inglês. É o termo utilizado para denominar o ato de um homem abrir muito as pernas quando está sentado, o que acaba diminuindo o espaço das pessoas sentadas perto dele. Foi criado para descrever a atitude, que é comum no transporte público e em outros assentos compartilhados.


2 - Mansplaining - A palavra foi criada a partir da junção entre "man" ("homem") e "explain" ("explicar"), em inglês, e ficou conhecida com a publicação do livro Os Homens Explicam Tudo Para Mim, escrito por Rebecca Solnit. Tendo isso em vista, "mansplaining" é o termo usado para descrever a atitude de um homem que tenta explicar algo a uma mulher, assumindo que ela não sabe sobre o assunto, subestimando sua inteligência. 


3 - Gaslighting - O termo é usado para descrever a manipulação psicológica na qual o agressor faz a vítima questionar sua própria inteligência, memória ou sanidade. Quem sofre com o gaslighting, tende a desconfiar de suas próprias percepções da realidade.  


4 - Manterrupting - Essa é uma atitude que consiste em interromper a mulher diversas vezes, de forma com que ela não consiga concluir sua linha de raciocínio em uma conversa. O termo ficou popular após um estudo feito pela Universidade de Yale concluir que senadoras americanas se pronunciam menos do que seus colegas homens de posições inferiores.


5 - Bropriating - É a união de "bro" ("cara" ou "irmão") com "appropriating" ("apropriar"), em inglês. Acontece quando um homem se apropria da ideia ou iniciativa de uma mulher, tomando os créditos para ele. Pode acontecer no ambiente acadêmico, no trabalho e no dia a dia. 


6 - Blackfishing - É quando figuras públicas brancas, influenciadores e similares fazem todo o possível para parecerem negros. Pode ser por bronzear a pele em excesso na tentativa de atingir a ambiguidade e usar estilos de cabelo e roupas que foram notabilizados por mulheres negras.


7 - Slasher - É um subgênero de filmes de terror quase sempre envolvendo assassinos psicopatas que matam aleatoriamente. Normalmente são feitos com baixo orçamento, daí são constantemente nomeados como "terror b". 


8 - Hardballing - Seu nome em inglês é hardballing ("jogar pesado", em português) e designa um enfoque mais sensato sobre os encontros amorosos. A ideia principal é: seja sincero e explique logo de cara suas intenções e expectativas - antes até do primeiro encontro.


9 - Throwing Shade - Outra que se tornou muito conhecida na cultura pop, principalmente através de reality shows. Em que para quem assiste o Reality Show Rupaul’s Drag Race, com certeza já ouviu essa gíria em inglês. Significa julgar uma pessoa com o olhar, um olhar bem desaprovador.

10 - Argot Queer - É a linguagem própria da comunidade LGBT+ falante de inglês. Dessa forma, o argot queer atual, mesmo quando usado pelos homens gays, têm origem no feminino. Onde no Brasil, quem começou tudo foram as travestis. Lá fora, as drag queens. 

Advertise with Anonymous Ads




Agregalinks - O melhor agregador de links para blogs



Ela Veste Preto... . 2017 Copyright. All rights reserved. Designed by Blogger Template | Free Blogger Templates