quinta-feira, 19 de maio de 2016



Tomar um rumo na vida nunca foi fácil! E se antes, todos exigiam de você certas atitudes previsíveis, isso não é mais tão importante. Afinal, casar ou comprar uma bicicleta, ser professor ou astronauta é possível, se for muito desejado. E o leque de opções não para de ganhar novas abas, idades, situações... Só depende da sua criatividade. 

Mas para descobrir exatamente o que queremos na vida, enfrentando as adversidades de dentro e de fora, não importa em que época seja, é preciso ser sincero consigo mesmo e ir buscar de verdade aquilo que se deseja. Mesmo que a resposta seja florista ou caçador de pedra lunar. 

Então, responda as 10 perguntinhas abaixo e siga adiante sendo justo com você e consequentemente feliz por isso! Boa sorte! 

1) O que te deixa feliz?
Você, possivelmente, vai responder algo do tipo “adoro estar entre amigos e conversar” ou “adoro assistir ao show de minha banda favorita”. Isso ajuda, mas não resolve. Tente descobrir por que tal coisa te deixa feliz. Que tipo de amigos você tem? Sobre o que mais gostam de conversar? Que tipo de música sua banda favorita toca? Por trás das respostas existem paixões. Se você, por exemplo, gosta de assistir espetáculos de dança moderna, não quer dizer que deva ser bailarino ou crítico de dança. Mas talvez você seja uma pessoa mais progressista que conservadora, talvez goste mais de arte do que ciência, por exemplo. 
2) Quem você admira? Por quê?
Deixe o fanatismo de lado, e tente ser mais racional. Pense em alguém por quem você tem um profundo respeito. Alguém que te inspire, que te faça refletir com o que diz. Pode ser político, artista, um líder social ou espiritual. Em seguida, tente entender o que essa pessoa tem que o faz admirá-lo. Provavelmente, você tem algo em comum a pessoa escolhida.
3) Qual a última vez em que você ficou extremamente orgulhoso com o resultado de seu trabalho?
Abra a cabeça também para trabalhos não remunerados ou voluntários. Se você ficou orgulhoso, é sinal de que fez bem feito, que se dedicou e fez com carinho. Seu caminho está por aí.
4) Qual foi a última vez que perdeu o sono de excitação pelo que vinha no dia seguinte?
Claro, não vale se o sono foi perdido por nervosismo. Sabe aquela festa que você está ansioso para que chegue logo? Já teve a mesma sensação com um projeto pessoal, ou mesmo no seu trabalho atual?
5) Qual foi a última vez em que você perdeu completamente a hora no trabalho ou com algum projeto pessoal?
Quando a gente gosta do que faz, não vê o tempo passar. Qual a última vez que isso aconteceu com você? O que isso diz sobre você?
6) Por que seu melhor amigo ou amiga gosta de você?
Pergunte. Ele provavelmente também não vai saber. Peça para pensar no assunto. A resposta pode lhe surpreender e mostrar caminhos.
7) Se você tivesse certeza de que não vai falhar, que plano tiraria da gaveta e começaria amanhã?
8) Como você gosta de ajudar as pessoas?
Seus amigos ou colegas de trabalho pedem sua ajuda? Para fazer o que? Isso pode ajudar a descobrir como você é visto pelos outros, mas talvez não seja capaz de ver por si só.
9) Se você tivesse que trabalhar de graça por uma semana, mas pudesse escolher, que trabalho faria?
Em outras palavras, o que você gosta tanto de fazer que faria até de graça?
10) O que você gostaria de ouvir dos seus amigos e colegas no seu próprio funeral?
Vivemos um período de transição, onde, cada vez mais, é possível encaixar nossos sonhos e habilidades nas demandas do mundo. O primeiro passo para mudar de vida é se descobrir, encontrar nossas habilidades e paixões. Isso deveria ser evidente, mas a verdade é que não é, nem para pessoas mais vividas. Espero que essas perguntas ajudem você. Comigo funcionou.
Scott Dinsmore - Live Your Legend por Ana Colombia - Jornalista

Advertise with Anonymous Ads

4 Comments

Sempre fui resolvida sobre qual rumo eu gostaria que minha vida tomasse, desde pequena. Eu queria ser veterinária, me casar, comprar uma casa e ser feliz. Mas agora que entrei no ensino médio, parece que fiquei meio confusa, gosto de animais, mas também gosto de escrever, gosto de pesquisas e gráficos, mas também gosto de administrar coisas kkkkkkk

Vou tentar escrever tudo isso num papel e ver a que conclusão eu chego. Adorei o post! Beijos!

http://garotaprojeto.blogspot.com.br/

REPLY

Olá, Isadora! Obrigada por compartilhar sua história! É bem assim mesmo... O que era simples, de certeza absoluta, de repente não faz mais sentido e novos leques de oportunidades se abrem! Aconselho que você pense, reflita e pesquise nesses anos de ensino médio se não há nenhuma profissão que agregue o máximo de coisas que você gosta ou aquilo que você mais gosta. Dê prioridade as aptidões sérias e depois aos hobbies porque uma veterinária pode escrever, mas uma escritora não pode clinicar. Porém, fica a seu critério o que seu coração quer, e ele saberá escolher na hora certa! Sucesso!

REPLY


Maneiras de fazer alguém feliz

Dê um beijo
Um abraço
Um passo em sua direção
Aproxime-se sem cerimônia
Dê um pouco de seu sentimento
Não conte o tempo de doar-se
Liberte um imenso sorriso
Olhe nos olhos
Respeite uma lágrima
Ouça uma história
Mande uma carta
Lembre-se de um caso
Converse sério ou fiado
Conte uma piada
Ache graça
Ajude resolver um problema
Pergunte como vai?
E preste atenção!
Sugira um livro ou um filme
Diga de vez em quando desculpe,
Muito obrigada, não tem importância
Que se há de fazer
Dê um presente
Tente de uma maneira...
E não se espante se a pessoa mais feliz for você!

UM FELIZ DIA DO ABRAÇO!!!
http://luceliamuniz.blogspot.com.br/

REPLY

Sábias palavras descritas em forma de poema! Muito lindo! Com certeza ajudará muitas pessoas, parabéns! Bjus!

REPLY

Ela Veste Preto... . 2017 Copyright. All rights reserved. Designed by Blogger Template | Free Blogger Templates