domingo, 11 de outubro de 2020


Era uma vez... Um blog encantado que queria dar as melhores dicas... Mas dessa vez, as sugestões são para as crianças e pais que estão cansados dos contos de fadas narrados por aí. Porque, caso não estejam sabendo, durante os últimos anos, várias fábulas foram recontadas ou substituídas por outras histórias mais dinâmicas e adaptadas paras os jovens príncipes e princesas dessa geração

E não se preocupe, pois embora os contos tenham essa proposta moderna, ainda prezam pela pureza e encantamento dos outros tempos. Então, chega de limpar o sapatinho de cristal e bora vesti-lo! Vejam as dicas! E comemorem o Dia das Crianças e o de Nossa Senhora Aparecida com fé e responsabilidade!


1 - Shrek 2001

Em um pântano distante vive Shrek (Mike Myers), um ogro solitário que vê, sem mais nem menos, sua vida ser invadida por uma série de personagens de contos de fada, como três ratos cegos, um grande e malvado lobo e ainda três porcos que não têm um lugar onde morar. Todos eles foram expulsos de seus lares pelo maligno Lorde Farquaad (John Lithgow). Determinado a recuperar a tranquilidade de antes, Shrek resolve encontrar Farquaad e com ele faz um acordo: todos os personagens poderão retornar aos seus lares se ele e seu amigo Burro (Eddie Murphy) resgatarem uma bela princesa (Cameron Diaz), que é prisioneira de um dragão. Porém, quando Shrek e o Burro enfim conseguem resgatar a princesa logo eles descobrem que seus problemas estão apenas começando.


Não tem como ignorar um dos mais famosos precursores do gênero conto moderno na história infantil. Afinal, esse ogro revolucionou o modo como os contos de fada são narrados, acrescentando muito mais realidade, humor e aventura a equação. Definitivamente, não importará a geração, Shrek tem que fazer parte da história!



2 - Encantado 2017

Quando criança, o príncipe Felipe Encantado foi alvo da bruxa Morgana, que aplicou nele um feitiço que faz com que todas as mulheres por ele se apaixonem assim que o veem. Com isso, ele não apenas salva como se torna noivo de três princesas em apuros: Branca de Neve, Cinderela e a Bela Adormecida. O feitiço apenas será quebrado quando o príncipe encontrar o amor verdadeiro, algo bastante difícil diante de tamanha adoração. Precisando cumprir um desafio em três etapas, ele encontra apoio na ladra Leonora Quinonez, que está imune ao seu galanteio e se traveste de homem para ajudá-lo.


Um verdadeiro exemplo do que começou com Shrek, pois neste é o príncipe que se encontra em apuros, sendo ajudado por uma garota com outros princípios bem diferentes das demais princesas. Tudo o que o rapaz precisava, mas obviamente não sabia. O mais interessante para o protagonista e o espectador é a jornada até a descoberta.   



3 - Frozen - Uma Aventura Congelante 2013

A caçula Anna (Kristen Bell/Gabi Porto) adora sua irmã Elsa (Idina Menzel/Taryn Szpilman), mas um acidente envolvendo os poderes especiais da mais velha, durante a infância, fez com que os pais as mantivessem afastadas. Após a morte deles, as duas cresceram isoladas no castelo da família, até o dia em que Elsa deveria assumir o reinado de Arendell. Com o reencontro das duas, um novo acidente acontece e ela decide partir para sempre e se isolar do mundo, deixando todos para trás e provocando o congelamento do reino. É quando Anna decide se aventurar pelas montanhas de gelo para encontrar a irmã e acabar com o frio.


Quem não sabe o que é Frozen, seja você adulto ou criança, esteve em Marte nos últimos anos, porque esta foi a animação mais oscarizada, cantada, moldada, polemizada e muitos outros adas de todos os tempos, gerando até uma sequência em 2019. Então, sugiro que veja essa história encantada, se emocione e também questione os fatos apresentados durante o decorrer do conto. Afinal, você livre está para fazê-lo. 



4 - Sapatinho Vermelho e os Sete Anões 2020

Sapatinho Vermelho e os Sete Anões é uma releitura do famoso conto da Branca de Neve, onde o beijo da princesa de sapatos vermelhos (Chloe Grace Moretz) é a única cura para os sete anões que, na verdade, são sete príncipes arrogantes. A disputa pelo beijo da princesa fará com que eles mudem suas visões de mundo e entendam o verdadeiro significado da beleza.


Esse conto gerou certo desconforto à primeira vista, pelo fato de uma mudança que acontece com a personagem principal, porém é preciso assisti-lo todo para descobrir suas reais intenções e a mensagem que está querendo transmitir. Trata-se de um dos mais novos contos criados. Então, até pela escassez desses tempos, não custa nada conferir!



5 - A Princesa e o Sapo 2009

Tiana (Anika Noni Rose) é uma bela jovem que vive em Nova Orleans. Desde criança ela sonha em ter um restaurante próprio, o que faz com que tenha dois empregos e junte o máximo de dinheiro possível. Para conseguir a quantia necessária para que possa enfim alugar o imóvel de seus sonhos, ela aceita trabalhar na festa realizada por Charlotte LaBouff (Jennifer Cody), sua amiga de infância. Charlotte deseja conquistar o príncipe Naveen (Bruno Campos), que acaba de chegar à cidade. Entretanto, um incidente faz com que Tiana troque de roupa e, no quarto de Charlotte, use um de seus vestidos. É quando surge um sapo, anunciando ser um príncipe e pedindo a Tiana que lhe conceda um beijo, para que o feitiço nele aplicado seja quebrado. De início Tiana acha a ideia repugnante, mas aceita ao receber a promessa do príncipe de que conseguirá para ela a quantia necessária para concretizar o aluguel. Só que, ao beijá-lo, ao invés dele se tornar humano novamente, é Tiana quem se transforma em sapo.


Uma ideia inovadora para uma princesa representativa e empreendedora. Essa história certamente representa o mais real e futurista molde de mulheres desse século. Porque se antes elas sonhavam com um príncipe encantado para morar num castelo e constituírem família, agora elas também devem sonhar sobre suas habilidades e realizações. Conquistando além de uma família, realização interna e profissional. Por isso, se eu fosse você, ficava de olho nessa princesa! Porque hoje em dia tem muita rainha que veio do brejo e conseguiu seu próprio castelo. 



6 - A Bailarina  2017

Paris, 1869. Uma sonhadora menina órfã toma uma atitude arriscada para conseguir o que quer: foge para Paris para realizar o sonho de ser uma grande bailarina. Lá ela decide se passar por outra pessoa, e consegue uma vaga no Grand Opera, onde vai aprontar muitas aventuras.


Também se trata de um conto sobre realização, sem a ajuda de nenhuma fada madrinha tão pouco mágica, mas o puro e simples desejo de concretização de um sonho. Assim, a garota parte em busca deles e passa por muitos perrengues tentando alcançá-los. Parece vida real? Quase é, se não fosse pelas músicas maravilhosas, as acrobacias a la Cirque du Soleil e a cidade de Paris sofrendo seu processo de industrialização. 



7 - Elena de Avalor  2016

Elena é a princesa de Avalor, que salvou seu reino das mãos da feiticeira do mal Shuriki. Agora, ela precisa assumir a tarefa de comandar seu povo, enfrentando uma série de obstáculos e desafios com a ajuda de vários amigos mágicos. 


Uma animação com série sobre a personagem que não manda fazer, executa. Desse modo, esse filme da Disney embarca nas novas tendências de contos de fadas modernos e traz a luz uma princesa muito adiante daquelas que se lamentavam a beira das janelas, esperando por alguém que pudesse resolver os seus problemas. 


Porém, não é só isso, pois com o streaming da Disney chegando nos quatro cantos do mundo certamente os filmes sobre essas novas princesas e príncipes serão regulares nos lançamentos e programações. Fato maravilhoso para comparar com as produções clássicas que também estarão presentes e virão a tona novamente para recordação ou descoberta das novas gerações.  


Para os Adultos

Quanto aos adultos, além de poderem assistir a todas as dicas acima, ah tá que não veem! Tem entre tantas a série Tell Me a Story com duas temporadas de dez episódios cada. Contando versões modernas e muito mais reais e cruas dos contos escritos pelos Irmãos Grimm e Charles Perrault, também conhecido como Pai da Literatura Infantil. O seriado existe ainda na versão espanhola como Conte Me um Conto e adapta histórias do tipo Chapeuzinho Vermelho, Cinderela e A Bela e a Fera. 



Outra opção, para quem gosta de desenhos e contos clássicos adaptados é a película animada francesa Jack e a Mecânica do Coração - 2013, releitura de um livro Francês de mesmo nome bastante famoso no país. Narrando de modo artístico a vida de um garoto cujo coração congela e é substituído por um relógio que pode dar defeito a qualquer minuto caso ele sinta raiva, toque em outro relógio ou se apaixone. 

Advertise with Anonymous Ads

Ela Veste Preto... . 2017 Copyright. All rights reserved. Designed by Blogger Template | Free Blogger Templates