7 Filmes Ótimos que Usam a Técnica Found Footage

By Camila Oliveira - 14.3.19



Muita gente não faz ideia do que significa Found-Footage, porém ele é um recurso bem comum utilizado em filmes mais simples e de baixo orçamento. Aspirantes a cineastas, que estão ingressando na carreira, costumam usar a técnica pra não estourar o valor estimado da produção, conseguindo dessa forma, manter um padrão de qualidade.

A técnica tem um gênero favorito, o terror, e nasceu pra contemporaneidade em 1999 com a Bruxa de Blair. Tratava-se de um roteiro simples, de baixo orçamento que tinha a proposta de se diferenciar das demais histórias do estilo, impactando o público. Assim, criou-se esse pseudo-documentário de Daniel Myrick e Eduardo Sánchez sobre 3 estudantes que tentam filmar um documentário tendo a bruxa como tema, mas que acabam sofrendo os supostos efeitos de sua maldição. 

A modesta produção alcançou um faturamento de US$ 140 milhões, se transformando num dos 100 filmes americanos de maior rentabilidade de todos os tempos. Outras 2 sequências foram produzidas (Bruxa de Blair 2: O Livro das Sombras / Bruxa de Blair 3: O Bosque) porém, sem atingirem o sucesso do primeiro. 

Desde então, o terror adotou pra si o Found-Footage e não abandonou mais, a ponto de banalizar e ridicularizar o método. Isso se dá pela disponibilidade de tempo e facilidade na obtenção de recursos, pois já deu pra perceber que são obras que utilizam filmagens encontradas, diretamente feitas pra câmera, enquanto o personagem que está em foco interage com os demais no ambiente. Geralmente possuem imagens tremidas, fitas de câmeras de vigilância, personagens interagindo com a lente e atores filmando as próprias sequências. Tudo feito de forma amadora pra que pareça natural e espontâneo. Por isso usam no roteiro documentários, filmagens de férias, reportagens e campanhas publicitárias, pra justificar de maneira convincente a presença aberta de câmeras. 

Mas nem só de terror vive a técnica e ótimos filmes, ao longo dos anos, foram gerados com o recurso do Found-Footage. Quer saber quais são os melhores? Confere abaixo:

1 - Projeto X
Thomas (Thomas Mann), Costa (Oliver Cooper) e JB (Jonathan Daniel Brown) são grandes amigos. Eles não são populares no colégio nem têm namorada. Sonhando dar uma virada na situação, eles planejam transformar o aniversário de Thomas em um acontecimento épico. Para tanto realizam uma grande festa na casa do aniversariante, aproveitando o fato que os pais dele estarão viajando no fim de semana.

Considerado o queridinho de muitos, usa a técnica pra documentar uma festa de proporções épicas com final surpreendente. 

2 - Projeto Almanaque
Um grupo de jovens acaba descobrindo instruções secretas para montar uma máquina do tempo, e decidem construir o aparelho. No entanto, os efeitos são muito diferentes do que esperavam.

De temática, jovem, aventureira e científica, o filme mostra as experiências de garotos acima da média que inventam uma máquina do tempo e até o Lollapalooza perdido entra na jogada e vira lembrança. 

3 - Babá Fora de Controle
Marc (Gérard Jugnot) está procurando uma babá para cuidar do seu filho durante a noite. Ele confia seu filho a Franck (Philippe Lacheau), um dos seus empregados. Contudo, Marc não sabia que seu filho era uma criança muito mimada e que Franck estava comemorando 30 anos naquele final de semana. Na manhã seguinte, Marc e sua esposa, Claire (Clotilde Courau), acordam com uma ligação da polícia, avisando que os dois estão desaparecidos. Na casa devastada, eles encontram uma câmera de vídeo, em que assistem o que foi gravado na noite anterior.

Talvez o mais criativo em justificar o método, usa uma câmera perdida pra explicar o que aconteceu com os desaparecidos e a cronologia equivale aos acontecimentos presentes do desfecho, sem falar que é uma comédia, caso raro. 

4 - Poder Sem Limites
Após ingerir uma substância misteriosa, três amigos são surpreendidos ao ganhar superpoderes. De início eles os usam para brincar com conhecidos, mas aos poucos ganham a sensação de impunidade e passam a realizar feitos maiores. Sentindo-se invulneráveis, eles ultrapassam qualquer limite quando uma pessoa é morta.

Baseada em quadrinhos, a película usa a câmera como obsessão do possível vilão pra atingir o herói e contar seu nascimento e transformação. Uma história de ação que facilmente podia ser replicada num filme de origem da Marvel. 

5 - Cloverfield - Monstro
Rob Hawkins (Michael Stahl-David) mora em Nova York e está prestes a se mudar para o Japão. Ele reúne os amigos em uma festa de despedida, na qual pretende revelar sentimentos mal-resolvidos. Entretanto um forte solavanco assusta os convidados. Todos buscam notícias sobre o ocorrido na TV, que diz que a cidade sofreu um terremoto. Ao chegar ao terraço para ver os estragos o grupo nota uma bola de fogo gigante, seguida pela queda de luz na cidade. O pânico toma conta de todos, o que aumenta ainda mais quando eles enfim conseguem chegar à rua.

Depois da Bruxa de Blair, este é o mais famoso filme com o recurso, apostando no suspense em vez de ostentar o terror. Tanto que já tem mais 2 filmes na franquia e fôlego ilimitado pra várias outras histórias. 

6 - A Visita
Um garoto (Ed Oxenbould) e sua irmã (Olivia De Jonge) são mandados pela mãe (Kathryn Hahn) para visitar seus avós que moram em uma remota fazenda. Não demora muito até que os irmãos descubram que os idosos estão envolvidos com coisas profundamente perturbadoras que colocam a vida dos netos em perigo.

Uma película de terror e suspense leve, misturando diversos atributos ao fato da câmera de gravação livre. Pelo diretor e história, o filme causou burburinho no cinema e classificou a técnica banalizada como ainda eficaz. 

7 - Autodestruição / Ataque a Bushwick 
Autodestruição - Quando o mundo passa por um difícil período de falta de energia, um experimento científico governamental é organizado para tentar buscar novas formas de gerar eletricidade, mas acaba dando errado durante o percurso. Precisando controlar a situação, um bravo piloto de máquinas luta para proteger o planeta da total destruição. 

Ataque a Bushwick - Lucy (Brittany Snow) emerge de um metrô de Brooklyn para descobrir que seu bairro está sob ataque de soldados militares vestidos de preto. Um ex-membro do Corpo de Fuzileiros Navais, Stupe (Dave Bautista), relutantemente a ajuda a lutar pela sobrevivência através de uma guerra civil, como o Texas tenta se separar dos Estados Unidos da América.

Apesar de não serem tão conhecidos ou atrativos, são 2 bons exemplos da criatividade que o Found-Footage pode alcançar. No primeiro filme, o recurso é usado como opção de mostrar a história de maneira virtual, como um jogo se parece na visão do espectador. Já o segundo, procura dar o mesmo efeito, mas na realidade de simulação. Vale conferir! 

  • Share:

2 comentários

comentário(s) pelo facebook:

  1. Ótimos filmes, meu predileto é o Projeto Almanaque, filme épico!
    Quer adentrar mo mundo da programação? O que está esperando! Visite:
    programacaosemfrescura.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. De fato, Renzo! Projeto Almanaque superou as expectativas! Muito bom!!! Valeu o coments, abs!

      Excluir